A revisão de aposentadoria por invalidez é uma das ações do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para combater irregularidades. Milhares de cartas de convocação já foram enviadas aos brasileiros que se aposentaram por motivos de incapacidade.

A aposentadoria por invalidez é um benefício concedido aos trabalhadores que não podem mais exercer atividade laboral de qualquer espécie. Geralmente esse benefício é solicitado após o cidadão receber auxílio-doença por um tempo e permanecer incapaz de exercer a sua profissão, ou seja, sem possibilidade de reabilitação.

Aposentados serão convocados para revisão do benefício. (Foto: Divulgação)

O que é a revisão de aposentadoria por invalidez?

Para combater fraudes e irregularidades, o INSS está realizando uma operação pente fino. Primeiro o órgão convocou os cidadãos que recebem auxílio doença. Agora, o foco é realizar a revisão de aposentadoria por invalidez.

O aposentado por invalidez com menos de 60 anos receberá uma carta de convocação para revisar o seu benefício. Ao receber esse documento em casa, ele deve agendar perícia médica no INSS para avaliar suas condições de saúde.

Como a carta de convocação será entregue na casa de cada beneficiário, é muito importante manter o endereço atualizado na base de dados do INSS.

No dia da perícia, caso o médico identifique que o aposentado está apto para trabalhar, o mesmo deixará de receber a aposentadoria e voltará ao mercado. Por outro lado, se a incapacidade persistir, a benefício continuará a ser pago normalmente.

Foi dada a largada para a revisão de aposentadoria por invalidez.
Os aposentados serão submetidos a uma nova perícia. (Foto: Divulgação)

Nesta nova etapa, o instituto pretende convocar 22.057 aposentados por invalidez com menos de 60 anos de idade e com benefício sem revisão há mais de dois anos. Vale lembrar que, no Brasil, há 1.004.886 beneficiários com esse perfil.

Quem recebe aposentadoria por invalidez e tem mais de 60 anos não precisa se preocupar com a revisão. O benefício está assegurado pelo resto da vida (não há risco de perder).

Para quem se destina a revisão?

Serão convocados para revisão:

  • Aposentados por invalidez a mais de dois anos;
  • Com idade inferior a 60 anos.

O INSS convocará primeiro os segurados mais jovens e que recebem o benefício previdenciário a mais tempo.

O que fazer após receber a carta de convocação?

O aposentado deve entrar em contato com o INSS através da central telefônica 135 e agendar a perícia médica. Ele terá até cinco dias corridos para fazer esse agendamento, caso contrário, sua aposentadoria será suspensa.

A partir do momento que o benefício for suspenso, o INSS dará um prazo de 60 dias para que o aposentado agende a sua perícia. Caso o agendamento não aconteça nesse período, a aposentadoria por invalidez será definitivamente cancelada.

Tudo indica que as primeiras perícias dos aposentados por invalidez serão realizadas em setembro. As datas levarão em conta os prazos de entrega das cartas de convocação aos beneficiários.

A revisão de aposentadoria por invalidez é apenas uma das etapas do pente fino INSS. Ao final da operação, o Governo Federal espera gerar uma economia de 10 bilhões de reais.

E aí? Restou alguma dúvida? Deixe um comentário.

Revisão de Aposentadoria por Invalidez: entenda como funciona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *