Guia INSS GPS: como emitir online?

Veja como emitir a guia INSS GPS. Somente através do pagamento da Guia da Previdência Social é possível garantir todos os direitos e benefícios oferecidos ao trabalhador, como auxílio-doença, aposentadoria, licença maternidade, pensão por morte, entre outros.

A GPS é uma guia unificada, onde contém todos as taxas e tributos que devem ser pagas pelo empregador e pelo trabalhador. Por este motivo, ela deve ser emitida mensalmente por contribuintes individuais, contribuintes especiais, contribuintes facultativos e empregadores que registraram trabalhadores domésticos.

Todo profissional autônomo pode pagar o seu INSS para garantir os benefícios previdenciários. (Foto: Divulgação)

Todo profissional autônomo pode pagar o seu INSS para garantir os benefícios previdenciários. (Foto: Divulgação)

Guia INSS GPS Contribuinte Individual

A Guia INSS GPS do contribuinte individual é utilizada para garantir que o pagamento ao INSS seja feito todos os meses para que quando necessário, mesmo que sem registro em carteira, ele possa dar entrada nos mais diversos tipos de benefícios da Previdência Social que são exclusivos para quem contribui durante um determinado período com o INSS.

Como emitir guia INSS GPS?

A Guia da Previdência Social pode ser emitida pela internet, por meio do site da Receita Federal. Após acessar, siga os seguintes passos:

1. Escolha qual o tipo de contribuinte você é, filiando antes de 29/11/1999 ou depois de 29/11/1999.

2. Selecione a sua categoria, informe o número do seu PIS/PASEP, digite o código de segurança mostrado na tela e em seguida, clique em confirmar.

3. Alguns dados pessoais do contribuinte irão surgir na tela, apenas confira se está tudo certo e clique em continuar.

4. Preencha a guia informando o mês de competência e o anterior e posteriormente, digite no campo indicado o valor do salário de contribuição. Escolha o código de pagamento, neste caso, contribuinte individual.

5. Faça o pagamento da sua GPS em qualquer casa lotérica ou agências da Caixa, no entanto, sempre antes do dia 15 de todo mês para não correr o risco de receber multas.

Exemplo de Guia da Previdência Social. (Foto: Divulgação)

Exemplo de Guia da Previdência Social. (Foto: Divulgação)

Emitir guia GPS pela internet – vídeo tutorial

Como é feito o cálculo do GPS?

O cálculo do GPS INSS é feito com base no valor determinado como remuneração mensal pelo próprio contribuinte. Sendo assim, a alíquota (desconto) é feita a partir da quantia de contribuição de cada um, quanto mais alto o salário maior o deve ser o valor de contribuição pago através do GPS.

O cálculo das guias em atraso também pode ser realizado através da internet. (Foto: Divulgação)

O cálculo das guias em atraso também pode ser realizado através da internet. (Foto: Divulgação)

O contribuinte individual que ganha até um salário mínimo federal, deve contribuir com apenas 5% do salário. Os que recebem entre um salário mínimo e R$5.189,92, valor que é o atual teto da previdência, deve contribuir com 20% da remuneração para ter direito aos benefícios do INSS.

Também é possível fazer pela internet o cálculo de Guia INSS GPS em atraso e já com acréscimo de juros. Basta acessar o SAL (Sistema de acréscimos Legais), preencher como se fosse emitir uma GPS mensal, mas colocar na data os meses em que a guia não foi paga. O pagamento do GPS em atraso também pode ser feito nas casas lotéricas e agências Caixa.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Guia INSS GPS: como emitir online?

Comente