Qual será o salário mínimo 2018? Essa pergunta vem sendo feita por muitos aposentados e pensionistas. Todo mundo quer saber se, no próximo ano, a remuneração terá um bom reajuste. Confira mais detalhes sobre o valor previsto pelo governo.

Atualmente, o salário mínimo nacional é de R$937. De acordo com uma estimativa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), esse valor está muito longe de ser o mínimo necessário para a população brasileira sobreviver. No mês de julho de 2017, por exemplo, o salário ideal para uma família com quatro pessoas seria de R$ 3.810,36. No entanto, a maioria dos brasileiros não ganha nem a metade desse valor.

A previsão do salário mínimo 2018 decepcionou os brasileiros.
O salário mínimo terá um reajuste pequeno para 2018. (Foto: Divulgação)

O salário mínimo, estimado pelo Dieese, considera as despesas com moradia, saúde, educação, higiene, previdência, lazer, alimentação, vestuário e transporte.

Previsão de salário mínimo 2018

Após a publicação da Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece as metas e prioridades do dinheiro público, o Governo Federal publicou um valor estimado para o salário mínimo 2018. A princípio, o valor definido foi de R$979,00, com um aumento de apenas R$42,00.

Entretanto, o governo voltou a analisar os valores e baixou ainda mais a estimativa de salário mínimo. O valor previsto caiu de R$979 para R$969, ou seja, R$10,00 a menos. Assim, quem recebe apenas um salário mínimo por mês terá um aumento de apenas R$32,00 em 2018.

O Ministério do Planejamento anunciou mudança no salário mínimo previsto. (Foto: Divulgação)

O reajuste previsto para o salário mínimo está bem abaixo das correções realizadas nos últimos anos. Em 2015, o valor subiu de R$ 724,00 para R$ 788,00, o que significou um acréscimo de R$64,00. Em 2016, a remuneração mínima praticada no Brasil passou para R$ 880,00, o que representou um aumento de R$92,00. Em 2017, o salário mínimo subiu para R$937, ou seja, teve uma correção de R$57,00 a mais.

A mudança no salário mínimo previsto foi divulgada pelo Ministério do Planejamento. O novo valor será responsável por gerar uma economia de até 3 bilhões de reais aos cofres públicos.

Atualmente, há no Brasil 45 milhões de pessoas que recebem um salário mínimo por mês. A relação inclui aposentados e pensionistas. Com o reajuste menor do que o esperado, o Governo Federal também espera economizar com o pagamento de benefícios previdenciários e reduzir o déficit da Previdência.

Vale lembrar, ainda, que 66% das aposentadorias pagas no Brasil equivalem ao valor de um salário mínimo.

A nova correção do mínimo também terá impacto em outros benefícios, como é o caso do abono salarial e do seguro-desemprego.

Como é calculado o reajuste do salário mínimo?

O cálculo do reajuste considera o INPC e o PIB. (Foto: Divulgação)

Ano após ano, o reajuste do salário mínimo é calculado a partir de uma fórmula que soma o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior e o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) dos últimos dois anos.

O PIB de 2016 teve uma queda de 3,6%. Já o valor do INPC só será calculado no início de 2018, pelo IBGE. Até agora, o Governo Federal só considerou estimativas desse índice para definir o valor.

De acordo com informações do Ministério do planejamento, cada R$1,00 de aumento no salário gera um gasto de R$301,6 milhões ao ano para os cofres públicos.

E aí? O que você achou da previsão de salário mínimo 2018? Deixe um comentário.

Salário mínimo 2018: descubra qual é o valor previsto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *